Educar e Encantar

A terceira série do Ensino Fundamental, isso em 1994, quando estudei em uma escola estadual na zona rural do municipio de Gravataí, tem para mim um sabor incrível. Não consigo me lembrar do nome da professora, mas ela era fantástica. Um dia ela apareceu com uma caixa forrada de papel branco com muitas figuras coladas e uma pequena abertura na parte superior.


Era a caixa de redação. Todas as semanas colocava-mos nossas pequenas mãos dentro da caixa e retirava-mos uma imagem. Essa figura seria nossa inspiração para escrever uma redação. Uma mesma figura rendeu diversas histórias. O mesmo cachorrinho foi Bob, Rex, Totó e foi amigo de toda a turma. A tecnologia era simples, mas o método da professora não.

Na faculdade tive outro momento de Encantamento. A disciplina mais esperada por mim chamava-se " Educação a Distância: Dimensão Metodológica". Estava muito curiosa. A professor foi perfeita ao solicitar que a turma formase grupos e que cada um elaborasse um curso a distância. Fiquei entusiasmada, meu grupo não apenas planejou mas colocou o curso no web e foi convidado a fazer monitoria na faculdade durante as férias de inverno.

Foram experiências estimulantes. Aprendi muito e nunca esqueci. Pergunte aos estudantes quando um professor conseguiu encantar a ele? Quando foi envolvido por um projeto realmente significativo.

Quando se está disposto a ensinar o verbo encantar precisa estar na mesma frase.

Unknown

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá!
Participe deste blog! Deixe seu comentário, sugestão, elogio ou critica!
Ficarei muito feliz em receber seu comentário.
Abraços

Instagram